futura eu de 2018

“dia 28 de dezembro com um calor de matar e eu sentada na sala de casa (com a porta da varanda fechada para ver se fica menos quente), com uma almofada e o computador no colo, escrevendo as próximas newsletters – inebriada com as mensagens de carinho em resposta à última. lendo muitos textos inspiracionais de ano-novo, me deu vontade de escrever para você, futura nathalia. com 33 anos (!).

eu espero que seus 32 tenham sido mágicos – essa idade da carrie na primeira temporada de sex and the city, da bridget no primeiro filme da bridget jones, da céline em ‘antes do pôr-do-sol’. essa idade tão importante.

eu espero que seus 33 e seu 2018 sejam repletos de mágica e sonhos e loucura boa. que você leia muito, e que ame e seja amada por alguém que te acha incrível – porque você é. espero que você se surpreenda, que você seja sua própria heroína, e sua máxima inspiração seja superar você mesma. que você sonhe de forma perigosa e desafiadora aqueles sonhos grandes que você tem vergonha de contar a pessoas pequenas. eu espero que você continue apostando na gentileza como moeda de troca suprema com o universo. que você seja generosa sempre que possível, e compreensiva sempre que necessário. que você continue moldando o (seu) mundo da forma que você acredita. seja corajosa mesmo quando não for genuíno, porque você vai acabar acreditando que é sim capaz de enfrentar tudo – e você é. ser covarde nunca é uma opção (embora desistir depois de insistir às vezes seja).

nunca esqueça que a gente encontra mágica se estivermos procurando mágica. assim é com o amor, o cuidado, a alegria, a conexão – a gente vê o mundo não como ele é, mas como a gente é, lembra?

seja gentil com os outros, mas principalmente com você. se perdoe, se cuide, se ame, se proteja. se jogue. às vocês você vai cair, às vezes você vai voar. e erre. erre muito. se permita dar passos maiores que a perna e leve tombos. se force, se empurre, aprenda e se levante. ame sempre de coração pleno, e sofra apenas o necessário. continue fazendo dias valerem a pena nem que seja por apenas alguns minutos. esteja perto de quem você ama sempre que possível. respire profundamente. endireite a coluna. olhe para o céu.

você é muito pequena nessa imensidão toda, mas é você que dá sentido a essa existência assim tão sua. faça valer.

que 2018 te traga bons ventos para soprar, e novas razões para amar.

feliz ano novo!

com carinho,
sua velha eu”

 

(cartinha escrita no dia 28 de dezembro de 2016 via futureme, recebida e lida hoje e que me arrancou sorrisos – e são esses os meus desejos para o seu ano-novo também :) 

Anúncios

2 Responses to “futura eu de 2018”


  1. 2 Deborah lopes maio 19, 2018 às 10:43 pm

    Sempre importante reler essa carta.
    Faça dela um adesivo pra sua sala. Pra sua geladeira …. não sei
    Vou pregar na testa . Só pra todo mundo ler
    Vou pregar no muro do ponto de ônibus que eu pego todo dia pra nunca esquecer .


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 168.621 hits
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: