“c’est la vie”

Quando derrubei a xícara do jogo de meia-dúzia que minha mãe havia ganhado de presente de casamento e me deu para trazer boa-sorte à casa nova, eu fiquei paralisada por infinitos segundos em frente ao armário de louças, fitando os cacos espalhados pelo chão como quem de repente reconhece que certas situações já não têm mais conserto. Você, que trabalhava no computador a poucos metros de distância, viu meu susto e pulou correndo para recolher os pedaços, antes que meus pés (sempre) descalços pisassem em algum resto cortante. Eu achei isso tão, mas tão bonito. Não foi nada, mas foi tudo. Foi como se eu enxergasse em você alguém que, por instinto, viria sempre correndo impedir que eu me machucasse.

Como quando você me entrelaça pela cintura ou delicadamente me puxa pelo braço ao atravessarmos a rua, para que nenhum carro chegue muito perto. Ou como você sempre quer, por educação ou romantismo, me acompanhar até a estação quando preciso ir embora; e me dá um beijo de despedida na catraca, quando chegamos ao limite de onde podemos seguir juntos. Ou quando você fez questão de carregar meus patins quando fui encontrar um amigo, porque sabia que eu iria passar a tarde patinando sob um sol de 35 graus no asfalto e você quis aliviar um pouco meu peso. É isso: desde que você apareceu, com seus olhos cor de mar-verde e seu riso fácil, você aliviou todo o peso. Você evitou que eu machucasse. Porque dez dias após nosso primeiro encontro, você me pediu para se mudar temporariamente para a minha casa, e eu peguei amor. Você chegou numa tarde de segunda-feira com sete volumes de bagagem e me deu de presente seu livro favorito. E todas as noites dormimos de mãos dadas, e todas as manhãs tiveram café demorado e sorriso apaixonado.

Agora a casa está cheia de ausências e silêncios.

Anúncios

0 Responses to ““c’est la vie””



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,148 hits

%d blogueiros gostam disto: