let’s just kiss and say goodbye

– Vou te dar uma cópia da chave para você ficar mais à vontade.
Cinco dias após nosso encontro que mudou tudo, você me pediu para vir para ficar. E eu disse sim. Óbvio-que-sim. Com-certeza sim. Sem-sombra-de-dúvida sim. Decisivo sim. Conclusivo sim. Jamais-diria-não sim. Quero-acordar-todos-os-dias-ao-seu-lado sim. Você-me-abre-seus-braços-e-a-gente-faz-um-país sim. Sim, sim. Pode-vir-claro sim. Sim.
(…)

“A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida”. Foi a frase do poeta que habitava sua mesa de cabeceira e que deu nome ao meu irmão que não saiu da minha cabeça desde que nos conhecemos; ao pensar em quanto desencontro tem de haver para que os encontros possam, em algum momento, exercer sua mágica. Quando dividimos a mesma festa por duas vezes e não nos conhecemos. Quando nos trombamos virtualmente e nos perdemos. E quando finalmente nos encontramos, depois desses quase dois anos de desencontros, foi uma história de amor. “Demorou muito para isso acontecer né? Mas depois; nossa, foi rápido…!” você concluiu, com aquele seu sorriso acolhedor que toma todo o rosto e faz seus olhos verdes ficarem ainda mais iluminados.

Quando você me confessa que já desistiu de tentar entender, eu ainda penso muito sobre o tempo das coisas e como as histórias se desdobram; em como muitas vezes tudo parece acontecer de tal forma orquestrada que nós finalmente percebemos não ter controle algum mesmo de nada; sobre estarmos nessa jornada apenas seguindo nesse balé e tentando ficar na ponta dos pés. 

(…)

Quando decidi te acompanhar ao aeroporto, eu pensei que iria ficar muito triste. Que iria me segurar para não demonstrar emoções demais para um aquariano reservado, que iria conter as lágrimas no canto e ficar com os olhos muito úmidos e ensaiar algumas palavras bonitas para te acompanhar na viagem. Mas não foi nada disso: eu segurei seu violão e nos beijamos timidamente. E depois um beijo mais longo e cheio de sentimento, que disse tudo o que não conseguimos dizer. Eu não chorei. Nem você. Na verdade, eu saí de lá sorrindo, com o peito cheio de contentamento, feliz de ter tido a chance de viver essa história tão bonita e significativa. Pensando em todo o furacão que 2016 me trouxe desde janeiro; mas foi esse mesmo 2016 que me trouxe você – num abril-abrindo-horizontes, que veio como um bálsamo curando todos os machucados, como um sopro de mãe aliviando todas as feridas. Você. Infinitamente você. Divertidamente você. Apaixonadamente você. Certamente você. Que traz ainda mais sentido para o já batido tudo-vale-a-pena-se-a-alma-não-é-pequena: uma grande história de amor na qual os dois resolveram apostar, sem receio do que viria a seguir, sem medo de se machucar.

E eu lá, saindo do aeroporto num fim de tarde fresco e cinzento, vendo a cidade passar borrada pela janela do ônibus, pensando em tudo isso; e sorrindo. Que bom, que bom. Que bom.

Anúncios

5 Responses to “let’s just kiss and say goodbye”


  1. 1 Flá maio 19, 2016 às 7:34 am

    Eita :’)

    Muita lindeza por aí, muitos desejos de (cada vez mais) felicidades pra você(s!) por aqui!

    <3 <3 <3

  2. 2 Juliana Clorado maio 19, 2016 às 1:42 pm

    histórias de amor, adoro!
    =)

  3. 3 Natália maio 19, 2016 às 3:08 pm

    <3 <3 <3
    Feliz, feliz e feliz demais por você, xará! Que essa história te traga muitos sorrisos mais, coração quentinho, lágrimas de risada e só coisa boa.


  1. 1 esperando o melhor, mas sempre preparada para o pior | drops de anis Trackback em outubro 6, 2016 às 4:25 pm
  2. 2 um amor sempre partindo | drops de anis Trackback em outubro 17, 2016 às 11:06 am

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 162,637 hits

%d blogueiros gostam disto: