Arquivo de maio \05\UTC 2015

“há sempre um novo amor em cada novo amanhecer”

Respirar fundo e pensar que cada dia é um novo despertar, um novo começo e uma chance de fazer diferente. Recolher os pedaços partidos e estar feliz por ter se deixado sentir e sofrer – a cada amanhecer.

(quando eu tive o coração partido mais feio da minha vida, eu fiquei muito, muito tempo sem deixar ninguém entrar. e toda vez que eu me machuco, eu tenho medo de isso acontecer de novo, e mais ninguém aparecer. mas que bom que sempre tem aparecido um novo alguém – pouquíssimas vezes é alguém que emociona de verdade, mas ainda assim é um novo alguém para aquecer o coração e trazer de novo uma esperança empoeirada. que bom, que bom.) 


Blog Stats

  • 162,067 hits