há sempre uma ausência que atormenta

Fui renovar meu passaporte e, ao caminhar pelas ruas arborizadas dos jardins, duas lembranças me tomaram: há exatos dez anos, eu estava experienciando um tequinho de vida adulta no meu primeiro estágio na área de publicidade, a algumas quadras dali. Já cinco anos atrás, eu tinha voltado a trabalhar na mesma agência (que é a dois quarteirões do escritório onde trabalho hoje); e eu fiz este mesmo caminho para ir ao expediente depois de ter dado entrada no pedido de cidadania espanhola.

Nestes três percursos, num intervalo de dez anos, as ruas eram as mesmas, mas a Nathalia era completamente outra. Se eu tivesse dito à Nathalia de 2004 que a Nathalia de 2009 já teria morado fora, viajado um pouco pela Europa sozinha e bebido um gole de mundo, ela ficaria bastante surpresa – e realizada. Agora se a Nathalia de hoje voltasse para dizer a essa de 2009 que muita, muita coisa seria diferente cinco anos depois, e que aquele passaporte ainda iria rodar um monte, talvez ela não acreditasse. E como ela deveria acreditar – e sossegar.

***

Quase todos os dias, quando uma tristezinha non grata resolve tomar conta, eu tenho que me lembrar que tenho a vida que sempre, sempre sonhei ter. Há quinze, dez ou cinco anos – mesmo há dois. Nunca imaginei que chegaria tão longe. Então vem cá, coração inquieto: por que não sossega?

Anúncios

4 Responses to “há sempre uma ausência que atormenta”


  1. 1 Bianca maio 22, 2014 às 3:33 pm

    corações sossegados são bons pra muita coisa, menos para desbravar mundos. deixe! deixe seu coração querer sempre mais <3
    queria poder ir junto ou esbarrar contigo num desses trajetos da vida. quem sabe um dia?

  2. 2 Gabriela junho 2, 2014 às 11:55 am

    É difícil a gente se dar uma folga e parar para refletir em nossas conquistas. me identifiquei muito com seu texto.

    bêjo.

  3. 3 Juliana Clorado junho 4, 2014 às 10:16 am

    o desassossego da alma é um privilégio pra poucos
    eu, no entanto, ainda não aprendi a lidar com isso
    vc, pelo jeito, tbm não
    e assim vamos
    =)


  1. 1 aos galopes | drops de anis Trackback em janeiro 7, 2015 às 5:00 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 164,286 hits

%d blogueiros gostam disto: