há tanta vida lá fora

“Se quiséssemos apenas ser felizes, seria fácil. Mas queremos ser mais felizes que os outros, o que quase sempre é difícil, já que pensamos que eles são mais felizes do que realmente são”
(Montesquieu)

Algo que tomou muito dos meus pensamentos no último ano foi o quanto nos projetamos na vida alheia, o quanto achamos que somos os únicos com problemas no mundo e o quanto isso rouba nossa energia. Exatamente o tema da última revista TPM – que me deixou reconfortada de saber que não sou a única a enfrentar este tipo de frustração (e daonde veio a citação acima, também).
Com exceção de alguns poucos blogs pessoais que acompanho, onde os autores de fato expõem suas fragilidades, o que mais se vê nas redes sociais são pessoas bem amadas, bem sucedidas, lindas, viajadas e felizes. Ninguém parece se dar conta de todo o trabalho e esforço requeridos para atingir um enquadramento perfeito, e a vida exposta nestas tais redes nada mais é do que isso: um recorte.
Eu mesma faço um mea culpa: em 2012 enfrentei uma depressão, uma demissão, distúrbios alimentares e a perda de uma pessoa muito próxima. Algumas decepções, coração partido, sonhos não realizados, joelho ralado. Perdi algumas amizades porque a distância se instalou, e eu cansei de ser a única a insistir (era para ser uma via de mão dupla). Desisti.
Alguns destes “poréns” eu dividi por aqui. Mas quem me acompanha no Facebook, por exemplo, só viu tudo de incrível que me aconteceu (já que 2012 teve muita coisa boa também, ainda bem): as viagens, novos amigos, projetos decolando, pequenas belezas.
Por isso, um dos meus objetivos para 2013 é me desligar o máximo possível deste mundo plástico, fabricado e editado que as pessoas querem mostrar; me aproximar de quem vale a pena e apenas aceitar o que essas pessoas, que realmente importam para mim, quiserem compartilhar. Sem comparações e sem achar que a vida perfeita está dobrando a esquina, tão perto e tão longe. Porque vida real é a que se faz nos momentos ruins também, que vêm não somente para aprendermos uma lição, mas também a apreciar mais os momentos bons que chegam logo em seguida. Porque gente de verdade é feliz apesar de. E não apenas nas fotos filtradas do Instagram.
Anúncios

19 Responses to “há tanta vida lá fora”


  1. 1 Fabiana Souza janeiro 4, 2013 às 10:35 pm

    Perfeito. Em 2012 aprendi que é nas fragilidades que nos reencontramos e que é possível ser feliz mesmo em meio a tempos de incerteza. Aprendi a depender de Deus e concluí que ali na rede social quase nada é de verdade, inclusive os likes e os comentários nas fotos. Também me vejo pintando o meu mundo fantástico por ali e me sinto mal por isso. Bom saber que não sou a única a me incomodar comigo mesma e com esse mundo de meias verdades. Que a gente aprenda a lidar e a amar a nossa verdade em 2013. Feliz ano novo, querida.

    • 2 nath janeiro 7, 2013 às 5:26 pm

      acho que o que mais incomoda é que, mesmo a gente sabendo que não é real, ainda assim a gente se deixa afetar por isso né?
      que venha um 2013 novinho em folha, cheio de novos aprendizados e muito mais leveza pra gente :)
      beijo enorme, lindinha!

  2. 3 thali janeiro 5, 2013 às 3:36 am

    Isso sempre passa por minha cabeça. até pensei em me desativar desse mundo.

  3. 5 linda janeiro 5, 2013 às 6:17 am

    ” Se chore ou se sorri…”Muito bom! Feliz 2013, lindona!

  4. 7 Ju janeiro 5, 2013 às 3:52 pm

    Como sempre, texto perfeito. Exatamente isso que penso! ;)

  5. 9 Ca janeiro 6, 2013 às 6:43 pm

    Ai Naty…tento fazer isso de me desligar do mundo virtual…mas acho tao dificil …mas minha cabeça iria agradecer !!!a grama do vizinho sempre sera a mais verde!!!
    Nunca vi alguem colocar nas redes sociais os problemas,angústias,medos,fracassos..as vezes me sinto a única no mundo !!!Muitos beijos em vc!!!

    • 10 nath janeiro 7, 2013 às 5:30 pm

      é vero!
      creio que por isso que a gente acaba se achando as únicas no mundo que têm medos, angústias e fracassos né?
      mas juro que ter em mente que isso é apenas um recorte, uma fantasia, e não a vida real, ajuda bastante!
      beijo enorme e feliz 2013, lindona <3

  6. 11 nana janeiro 7, 2013 às 9:06 am

    nath amooor!
    ja vivi muito essa angústia de achar que só eu tenho os problemas que eu tenho, que todo mundo é feliz e lindo, alegre, contente. ng pensa tanto como eu, ng sofre de tanto pensar, ng se questiona.
    eu tenho medo de gente assim. e hj, eu prefiro meus questionamentos e angústias, pois elas que me movem e me fazem querer ser melhor.
    gente e vida perfeita cansam, pois não tem mais pra onde ir.

    passei por esta fase e tb foi bem difícil pra mim, e passei sozinha. foi um momento de muita solidão, mas foi bom. hoje eu vejo que foi melhor assim.
    (você sabe pq era minha companhia via e-mails infinitos)!

    Ah, mas eu insisto pelo seu instagram pq sua visão é sempre mais delicada do que a minha e isso me ajuda sempre, tanto!
    esta é a única rede social que eu faço parte e isso me OBRIGA a viver de verdade: ligar para as pessoas, saber as datas importantes dos amigos, encontrar as pessoas…

    feliz ano novo, te adoro!!!!

    • 12 nath janeiro 7, 2013 às 5:34 pm

      eu tenho que manter minha conta no facebook porque uso pro trabalho, mas juro que dá uma canseira sabe?
      e devo confessar que um dos grandes motivos de eu não ter entrado no instagram (além de não ter encontrado um nome, haha) foi de ouvir essas reclamações de que lá a vida é perfeita e linda, que todo mundo só posta fotos incríveis e tal.
      eu passei por um momento muito frágil e vulnerável em 2012 (você também sabe porque acompanhou tudo!), e achei que a pior coisa a fazer naquele momento seria me envolver em algo que, indiretamente, fosse fazer com que eu me sentisse ainda pior.

      mas quem sabe agora né?
      ano novo vida nova <3

      beijo enoooorme,
      quero te veeer!!

  7. 13 Juliana Clorado janeiro 7, 2013 às 9:37 am

    bem amiga, tbm desisti de insistir em coisas sem sentido…
    a felicidade não dura 24h, mas está nas pequenas coisas e nos pequenos momentos, vc sabe…
    bjo e feliz 2013

  8. 15 Isadora janeiro 8, 2013 às 5:33 pm

    bonita, de longe todo mundo é feliz. eu sei que é difícil olhar de fora, a gente sempre acha que ficou com a pior parte do pacote. mas olha, é legal também compartilhar as boas coisas da vida que a gente conquista. é bom, faz bem. o que a gente não pode, você disse muito bem, é querer viver a vida dos outros. então é isso: que 2013 venha quietinho e feliz, sem alarde e bem quentinho pra gente. vai ser bom :)

  9. 16 Deborah janeiro 20, 2013 às 10:23 pm

    Nath, deixei as redes sociais e logo após vc escreveu esse texto. Nao quero voltar mais pra esse mundo irreal. Quero apenas o real. Mandei o seu texto para os meus amigos e escrevi. Leiam pois me inspirei nesses argumentos. De sagitariana para sagitariana. Obrigada por escrever meus pensamentos!

  10. 17 Nina Vieira janeiro 28, 2013 às 9:24 am

    Falta mesmo verdade no espaço virtual. É claro que é maravilhoso dividir as alegrias – embora muias vezes isso pareça exibição -, mas também é necessário que lembremos que a realidade existe e está próxima. Pessoas sofrem, passam por dificuldades. E precisamos de conforto com relação a isso. Nem tudo são flores, nem na virtualidade que criamos.
    Abraços.

    • 18 nath janeiro 29, 2013 às 8:18 am

      por isso que bom manter um p l e outro c n? saber que sim legal compartilhar algumas coisas no ambiente virtual, mas vida real isso – muito mais prxima e verdadeira, com seus altos e baixos para todo mundo ;)

      beijo,

      Em 28 de janeiro de 2013 12:24, drops de anis


  1. 1 um despertador, um cobertor, um grande amor | drops de anis Trackback em março 13, 2013 às 6:01 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,970 hits

%d blogueiros gostam disto: