esse mar no olhar

Um sumiço generalizado de quase toda vida social não é descaso, mas sim um respiro providencial para colocar as coisas em ordem. 2012 tem sido um ano difícil, de muita luta e murro em ponta de faca, de suor e obstáculos. Todos os meus movimentos parecem vir carregados de um peso que antes não tinham. Toda decisão tem uma gravidade, algum motivo obscuro disfarçado de passado, presente e futuro – uma escolha feita por quem sou hoje, regida pela pessoa que foi construída de todos os erros e acertos de ontem, esperando encontrar um outro eu melhor amanhã.

(Num mundo tão atropelado, que recebo mensagens com ‘n, tudo?’; ao invés de um saudoso e caloroso, ‘hey nath, tá tudo bem?’. Não há tempo para pormenores e gentilezas pequenas, para letras extras quando a mensagem está ali, subentendida – um agora tão saturado de mensagens ditas ‘subentendidas’, mas em que ninguém de fato se entende.)

Chegam as chuvas tristes de novembro, um mês dominado por feriados e sombras das promessas que fizemos e não cumprimos, dos desejos de ano-novo comprimidos numa listinha já amarelada e pouco riscada. Ficam as expectativas das festas de fim de ano, do réveillon, do verão tropical; de uma vida toda que está sempre adiada para a próxima festividade, a comemoração seguinte, o calendário novo. Um aniversário pelo qual ansiei a vida toda, justo num ano em que quero dormir em novembro e acordar depois do carnaval. 2012, eu tinha tantas expectativas para você… que tombo.

Anúncios

9 Responses to “esse mar no olhar”


  1. 1 Ca novembro 5, 2012 às 7:42 pm

    as vezes estar sim faz parte de um momento NECESSÁRIO que temos que passar..estou assim tb…mas otimista, que esse ano dificil passará e eu que eu vou gostar de ter passado por ele quando olhar pra tras:)

  2. 2 nana novembro 6, 2012 às 9:22 am

    amiga linda, 2012 não foi fácil pra ng pelo visto.
    mas fica tranquila, a gente olha pra trás e ri de tudo no final. tenha isso em mente.

  3. 3 Laylah novembro 8, 2012 às 6:01 pm

    Esses dias, passando por uma livraria, me deparei com este título: “Vertigem Digital – Por que as redes sociais estão nos dividindo, diminuindo e desorientando”. Repeti pra mim mesma os três Ds e me foquei no último, mentalmente. A partir do momento que a gente percebe certas coisas e vê alguns amigos dizendo “ah, eu não gosto de conversar pela internet” ou “eu não suporto ficar no facebook por muito tempo, me incomoda”, parece que a ficha vai caindo…
    2012 também tem sido um ano difícil mas essencial e importante pra mim. Ainda há coisas pra acontecer, Nath. E vale lembrar que embora seu desejo seja dormir por uns 4 meses, é você que constrói os próximos 4 meses e decide o que irá acontecer. Minha sugestão é que você respire mesmo. E curta. Esses dias minha prima me perguntou o que tenho feito e, muito feliz, eu percebi que eu podia escrever pra ela dizendo milhões de coisas que eu estou fazendo e não estava, presa ao computador, seis meses atrás. Seja mais feliz, Nath. Brinque mais, passeie mais, curta mais, converse mais, faça mais amigos, cante mais e dance mais. Ame mais. Tudo bem que será necessário (e sempre é) trabalhar mais, dar duro e etc. Mas é essencial intercalar com momentos de descanso. Respire mais. Opa, isso me fez lembrar de um filme “se enlouquecer, não se apaixone”. Sugestão? Vai pegar um cinema… às vezes vale a pena. E acho que você pode gostar do novo brasileiro “Até que a sorte nos separe”. 2012 tem sido um ano super ocupado. Mas cheio dos seus bons e ótimos momentos. A gente só precisa abrir os olhos pra vê-los.
    Quanto à lista… força! Força…! A vida é assim mesmo… nem tudo que a gente pensa a gente consegue, mas vamos nos esforçando.
    Bom, é o que eu acho… mas tenho uma pergunta antes de dizer tchau.
    E aí, Nath? Tudo bem?

  4. 4 linda novembro 10, 2012 às 9:50 pm

    Amei a resposta da Laylah e nao gostei desse post nao, viu! Amore, levanta, sacode a poeira, dá a volta por cima! Eu quero ver a menina como o verao com o coracao aquecido, saltando de alegria pq dezembro vem! É o nosso mes, sagita! :D Mostra pra 2012 quem manda nele! Dezembro, vem que tem felicidade! Beijos mil! :D

  5. 5 Nina Vieira novembro 12, 2012 às 1:17 pm

    E novembro é o mês das expectativas mesmo. Já o meu 2012 foi um ano de enorme cansaço. Exaustão física e emocionalmente.
    Abraços.

  6. 6 fabiemcontos novembro 16, 2012 às 9:42 pm

    Fazia tempo que eu não entrava aqui e aí me deparei com esse post. Entendo como se sente pq pra mim tb não tem sido fácil. Mas logo, acredito eu, isso vai ser mais aquela fase que ficou lá atrás, mas que no fim, foi essencial para construir aquele futuro que vc nunca imaginou mas era pra ser seu. Eu te conheço e sei que vc não é de perder a fé, então, só te peço que lembre que pode segurar na minha mão (ainda que à distância), se por um momento, vc perder a esperança. Te amo.

  7. 7 Juliana Clorado novembro 22, 2012 às 8:57 am

    amiga, lendo seu primeiro parágrafo encontrei um conforto pra mim, sabe nath, por mais que a gente erre e tal, estamos no caminho certo, pode acreditar
    =)


  1. 1 há sempre um começo e um novo sim « drops de anis Trackback em fevereiro 14, 2013 às 8:10 pm
  2. 2 deixa a vida me levar | drops de anis Trackback em dezembro 11, 2013 às 3:14 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,082 hits

%d blogueiros gostam disto: