bens da idade

Uma vez li uma matéria que falava sobre tribos isoladas de algum lugar do mundo, onde não existia nem calendário. Parece surreal no hiperconectado século XXI, mas é verdade. Enfim, eles falavam lá que, com a ausência de calendário, os habitantes desses lugares não tinham a menor ideia de sua data de nascimento. E como isso era algo inacreditável para nós ocidentais, que damos tanto valor para aniversário, signo, ascendente e tudo que vem junto no pacote do “dia em que você nasceu”.
 
Confesso que eu sempre me importei muito com isso. E meus amigos sabiam. Ficava extremamente chateada com quem se esquecia da data, como se isso diminuísse o que a pessoa sentia por mim. “Poxa, se ela não faz questão nem de lembrar meu aniversário, acho que é porque não sou tão importante assim na vida dela”, eu pensava.
 
Mas gostei de ver uma mudança significativa em mim este ano. Acho que é porque meu aniversário ano passado foi muito, muito bom, superando expectativas. E também porque desta vez eu estava tão maluca nos dias próximos a “12 do 12”, trabalhando tanto e com a cabeça a léguas de distância, que eu mesma dei menos importância a isso. Que, vamos combinar, não é algo tão grande assim né? É só um dia.
 
Continuo gostando da ideia de receber mensagens e carinhos, e digo que aniversário é especial porque são 24 horas em que mais pessoas lembrarão de você pelo menos em algum momento, e por uma coisa boa, e te mandarão boas energias. Eu sinto isso – pelo menos para mim é quase palpável. É um dia mágico, em que tudo parece dar certo, é como se eu conseguisse tocar o amor ao redor.
 
Mas este ano algumas pessoas queridas esqueceram também. E isso não me afetou de forma superlativa, como seria em outras épocas. Porque eu mesma, neste ano frenético, acabei esquecendo aniversários certas vezes. E percebi que, melhor do que só lembrar de alguém no dia tal, porque a pessoa nasceu nesta data há X anos, é pensar nela por uma bobeira mundana, numa terça-feira qualquer, e mandar uma mensagem de carinho despretensiosa. “Tou no mercado e vi seu queijo favorito em promoção na gôndola, quer que eu leve pra você?”. Isso sim é amor.

Anúncios

2 Responses to “bens da idade”


  1. 1 Ju dezembro 16, 2011 às 9:39 am

    =)
    ó eu não esqueci hein…

  2. 2 Stael dezembro 21, 2011 às 8:59 pm

    Nath, é sempre bom entrar no seu blog e ler o que você escreve, gente parece que você tá aqui do meu lado conversando comigo . Você tem o dom menina! Aproveitando um feliz natal e ano novo! *-*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 164,292 hits

%d blogueiros gostam disto: