relaxa baby, e flui

Tenho visto em vários blogs, de uns tempos pra cá, um exercício meio batido mas sempre válido: o que você diria para si mesmo se pudesse voltar no tempo? Quais conselhos daria para seu eu mais jovem, quais dicas sobre caminhos sentimentos planos angústias você gostaria de compartilhar agora – ou de ter sabido antes?

Tava rolando na cama pensando nisso outra noite (“penso, logo não durmo”, já diria uma comunidade no falecido orkut), nas coisas que eu diria para a Nathalia de dez anos atrás. Os 16 anos foram os mais significativos da minha adolescência. Tanta coisa ali nasceu, floresceu, cresceu, morreu. E, nesta noite insone, eu fiquei pensando nas mil coisas que diria àquela garota – e, ao contar mil, não estou apenas hiperbolizando, é porque de fato eu comecei a pensar no tanto de coisa incrível que aconteceu comigo neste tempo e parecia não ter mais fim. Dez anos, né gente? Uma vida.

Mas o que eu vim aqui trazer para vocês não foi esse exercício que, como eu disse, tá meio batido já na blogolândia, mas outro que descobri meio por acaso: pensar no que a Nathalia daqui a dez anos, aos 36, diria para euzinha aqui, aos 26? O que essa futura-eu teria de tão importante para me aconselhar? E tudo em que eu conseguia pensar era, “Nathalia, pare de ser tão ansiosa. De tentar colocar o carro na frente dos bois, de tentar adivinhar o futuro, de ser mulher-maravilha, de tentar atender as expectativas de todo mundo. Aproveita agora, curte o momento. Em dez anos tudo parecerá tão pequeno…”

Como é pequeno hoje eu voltar atrás e pensar na prova de física, no paquerinha da escola, na melhor-festa-de-todos-os-tempos-da-próxima-semana, no meu primeiro bico para descolar uma graninha extra, na viagem de formatura, se vou passar no vestibular (!).

Então meu novo exercício favorito contra a ansiedade agora é este: toda vez que uma angústia me espreita e ameaça surgir, eu me vejo aos 36, citando Caio: “relaxa baby, e flui: barquinho na correnteza, Deus dará.”

Anúncios

9 Responses to “relaxa baby, e flui”


  1. 1 Clá outubro 21, 2011 às 10:16 pm

    E é essa a hora em que eu paro e penso: “Caramba, a gente já se c

  2. 2 Clá outubro 21, 2011 às 10:18 pm

    E é essa a hora em que eu paro e penso: “Caramba, a gente já se conhece há dez anos”.

    • 3 nath outubro 23, 2011 às 12:50 pm

      jesuis, como voooa né?
      tava falando disso com uma amiga outro dia também, depois da morte do Cakoff, sobre nossa primeira Mostra, em 2002 (!!)
      faz quase dez anos e a gente fala como se tivesse sido ontem, :~

  3. 4 Isadora outubro 22, 2011 às 3:28 pm

    nem tento fazer esse exercício de voltar do tempo, senão destruo com o meu presente/futuro também. ô decepção!
    mas vou usar sua técnica a partir de hoje ;)

  4. 6 Laylah outubro 22, 2011 às 7:51 pm

    Aiii, Nath! Acredita que eu penso a mesma coisa dos meus 16? Hahaha… achei engraçado.
    E por falar nos 16, vou te contar uma coisinha que a gente fez naquela época. Quando eu entrei no primeiro ano, na primeira semana do colegial falaram pra gente fazer uma carta, uma carta que seria entregue no terceiro ano. Eu escrevi tudo que eu achava importante, claro, falando de mim mesma naquele momento e como eu estaria dali alguns anos. Fechei, colei e a escola guardou aquela carta. Passei o terceiro ano inteirinho esperando a tal carta, até porque eu nem lembrava mais o que tinha escrito. Só recebi no final do ano, acho que já era a última semana de aula. Foi tão legal! Dá tanta vontade de fazer uma a cada um ano e deixar uma separada pra ser lida de cinco em cinco… É uma coisa diferente do que você tem aí, mas olha, sabe que eu gostei dessa ideia de “daqui dez anos”?

    • 7 nath outubro 23, 2011 às 12:52 pm

      eu acho bacana as duas coisas!
      olhar pro passado e ver tudo o que se conquistou, e olhar pra frente pra construir coisas novas…
      mas sempre manter os pés no presente que, de concreto, é tudo o que temos mesmo né?
      super beijo, querida!
      :*


  1. 1 se eu fosse eu « drops de anis Trackback em fevereiro 6, 2012 às 8:12 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,148 hits

%d blogueiros gostam disto: