back to black

A semana mais difícil em muito, muito tempo. Como uma parte de mim morreu, estou tendo de enfrentar o luto. E não é fácil encarar as trevas, ainda que saibamos que é por um tempo finito. Há tantas dúvidas rondando, tantas perguntas e questionamentos que eu não sei mais a quem fazer, tantos sentimentos que eu ainda tenho que processar. É muito triste olhar para o futuro e só ver escuridão. E ficar remoendo acontecimentos passados, como um filminho passando em looping, tentando entender aonde foi que erramos, buscando respostas, explicações.

E eu sei que muitos que vêm aqui procuram uma palavra de conforto, um olhar otimista sobre a vida. E normalmente eu sou bem assim mesmo. Mas hoje não, perdão. Uma hora volta, eu sei. Há de voltar. “Mas hoje não dá, hoje não dá. Vou consertar a minha asa quebrada e descansar…”

Por enquanto, estou enfrentando de frente uma dor que estava há muito guardada. E o lado bom de tudo isso é me dar conta de que, apesar de ter passado muito tempo negando todo e qualquer sentimento relacionado a isso, e de reconhecer que hoje ele me traz muito sofrimento; também há a possibilidade de perceber que, se há dor, é porque já houve amor. E se há amor, é porque pode haver de novo. Em outro momento, de outra forma, com outra cara. E é nisso que estou me apegando agora: a qualquer resquício de possibilidade, ainda que remota. Do que ainda há de vir.

Acho que meu maior problema é ter uma memória muito boa e ainda lembrar de muitas coisas nos mínimos detalhes. Não dizem que o segredo da felicidade é ter saúde boa e memória ruim? Espero que o tempo se encarregue de debilitar um pouquinho a segunda. Mas que a primeira continue ali, firme e forte, pro que der e vier. Amém.

Anúncios

7 Responses to “back to black”


  1. 1 Laylah setembro 5, 2011 às 5:40 pm

    Nath, respira. Diz um livro que eu li que a dor é proporcional ao amor que se viveu. Eu vi sua resposta. Você não precisa ser perfeita e sabe disso. Todo mundo tem seus problemas, não é? Mesmo uma rocha sofre com a água batendo o tempo todo e desgastando-a, ela não é super forte. Por enquanto, chora. Sinta a tristeza, é o momento que está passando. Você está certa, depois vai passar e você não vai mais chorar. Ou talvez só de vez em quando. Não se importe com isso. Mas não deixe a tristeza dominar sua vida, você é mesmo uma moça muito otimista e não queremos que perca isso.
    Vou esperar os próximos posts, tragam o que trouxerem. Beijos e até lá!

  2. 2 Ju setembro 5, 2011 às 5:46 pm

    putz… como é ruim…
    como tudo, vai passar… vai ser um inferno até lá, fazer o q, não vou mentir
    =)

  3. 3 Mariana setembro 5, 2011 às 5:48 pm

    Nath, sempre haverá amor. e pra vc,principalmente.
    bjs

  4. 4 Larissa L. setembro 5, 2011 às 6:11 pm

    Tudo tem seu tempo, Nath.
    Mesmo as coisas ruins passam e estou torcendo por ti!
    Beijão!

  5. 5 comida emocional setembro 5, 2011 às 10:47 pm

    tudo passa, tudo sempre passará !
    tudo tem solução, só uma coisa que não, né ?
    bjos

  6. 6 Tatiane setembro 7, 2011 às 1:26 am

    Nath, adoro quando tu escreve com aquele otimismo todo, me inspira a enchegar beleza onde muitas vezes eu não costumo ver, mas quando aparece um texto desse, de desafafo mesmo, tão humana me identifico tanto, muitas vezes parece que você ”fala” por mim.
    Contudo, se eu pudesse escolher entre ler coisas felizes ou coisas não tão felizes que você posta aqui, eu ficaria com a primeira opção, porque te quero bem.
    Muitas vezes o único remedio é o tempo mesmo.

    Com carinho, com cuidado, te abraço forte e te beijo.
    (Caio SEMPRE vem a calhar né?!)

  7. 7 Larissa Margulies setembro 7, 2011 às 10:10 pm

    flor da minha vida, sinta-se muito abraçada por mim :~ queria estar aí pertinho (mas tenha certeza que meu coração está).

    tudo vai dar certo e essa dor toda, um dia, vai virar só saudade. faz parte! acontece com todo mundo que já soube amar ;*

    o otimismo vai voltar logo, logo – quando você menos esperar. “está um dia tão bonito lá fora e eu quero brincar.”.

    amo você! :*


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,934 hits

%d blogueiros gostam disto: