e vem chegando a primavera, nosso futuro recomeça

“Hoje é dia de esperar que o verde deste quase fim de inverno aqueça os parques gelados, as ruas vazias, as mentes exaustas de bad trips.
Hoje é dia de não tentar compreender absolutamente nada, não lançar âncoras para o futuro. Estamos encalhados sobre estas malas e tapetes com nossos vinte anos de amor desperdiçado…”
(Caio Fernando Abreu, via)


Hoje um grande pedaço de mim morreu. Para que outro pudesse nascer, muito em breve, mais colorido e florido. Aquele tipo de renascimento que só a primavera é capaz de trazer.

Hoje, como Caio, eu não quero compreender nem olhar para o futuro, hoje vou ficar encalhada sob o peso de tantos anos de amor desperdiçado. Mas só hoje… ainda tenho a segurança tranquila daqueles que sabem que o melhor está por vir, sempre. E ai de quem ousar desconfiar.

Anúncios

11 Responses to “e vem chegando a primavera, nosso futuro recomeça”


  1. 1 Mariana agosto 29, 2011 às 5:40 pm

    não desconfie você também!!!!!!

  2. 3 saoestesosdias agosto 29, 2011 às 5:56 pm

    Like, like, like! A LOT!!!! :D

    *
    Andreia

  3. 5 Laylah agosto 29, 2011 às 6:53 pm

    Ah! Isso aconteceu comigo. Ainda bem. Demorou anos pra uma parte minha finalmente morrer, Nath, pra outra renascer. Eu posso dizer que eu sentia falta da liberdade que eu senti naquele instante em que percebi que ‘eu morri’. Mas eu prefiro dizer que eu renasci naquele momento, não que morri. E a alegria… a alegria durou dias, o que foi curioso.
    Pode parecer infantil, mas eu não me importo. Eu levei um fora de um menino que eu gostava há muito tempo (muitos anos!) e, por acaso, bem perto do meu aniversário (timing perfeito). Eu ri. Sinceramente, eu ri naquela noite e continuei rindo na manhã seguinte e nos dias que vieram depois. A estranha liberdade que eu senti, descobri que era porque eu estava livre de mim mesma, de alguma forma. É legal contar isso, eu só não sei se é legal de ler/ouvir!
    Pra mim era um grande pedaço que me prendia, amarras que eu mesma criei. Maior besteira, não?
    Algumas pessoas desconfiaram de mim. Eu não me importo. Algumas ainda desconfiam, depois de taaaanto tempo. Mas eu sei a verdade.
    Se alguém desconfiar, deixa a pessoa desconfiar. Continuam desconfiando de mim depois de cinco anos. Você sabe a verdade. E com certeza vai renascer algo melhor depois, está bem? Beijos!

  4. 7 Fabi agosto 29, 2011 às 8:48 pm

    Nath, lembrei de uma frase do Guimarães Rosa que li certa vez: “Abriu em mim um susto; porque: passarinho que se debruça – o vôo já está pronto!”
    :*

  5. 9 Ju setembro 2, 2011 às 10:02 am

    … venha que o que vem é perfeição!
    =)


  1. 1 back to black « drops de anis Trackback em setembro 5, 2011 às 5:10 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,912 hits

%d blogueiros gostam disto: