fez-se mar

‘há sempre um copo de mar para um homem navegar’
(verso do poeta Jorge de Lima, título da 29ª Bienal de São Paulo)

 

vi esta frase ontem, em visita à bienal após reunião super produtiva, e ela fez parte do meu dia todo. de desejos borboletando no estômago, de mil coisas tomando forma e acontecendo, de um 2011 cheirando a novo e anunciando tempos bons, de calmaria pós-tempestade. de um copo de mar. inteiramente cheio, enfim.

Anúncios

4 Responses to “fez-se mar”


  1. 1 Soraia dezembro 2, 2010 às 2:05 pm

    Isso mesmo Nath!
    Um 2011 lindo e e brilhante te espera!
    São os ventos da boa mudança!
    bjokas

  2. 3 Ana Paula dezembro 3, 2010 às 12:12 am

    Que sensação gostosa essa, dos tempos bons…
    O verso e o barquinho de papel ilustram lindamente!
    Beijo Beijo :))


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s




Blog Stats

  • 167,190 hits
Anúncios

%d blogueiros gostam disto: