de médico e louco

“Dizia Einstein que a definição de insanidade consiste em fazer as mesmas coisas, do mesmo jeito, e esperar que os resultados sejam diferentes.”
(no filme ‘Wall Street – Money never sleeps’)

Incrível como essa frase, dita ao final do filme, ficou martelando na minha cabeça dias a fio. Porque na conclusão ele dizia que então todos somos loucos, porque todo mundo faz isso. Parei para reparar no meu dia a dia, e deus, como de fato a gente cai nessa armadilha de se repetir o tempo todo e esperar que as coisas ao redor mudem por vontade própria, não é?! 

Mas como dizem que ‘antes tarde do que nunca’, pelo menos agora eu comecei a prestar atenção a isso. E, aos poucos, estou tentando mudar o que incomoda. Nem que seja apenas levantar uma hora mais cedo, passar menos tempo em frente à tevê ou mudar o sabonete na hora do banho. Gestos micro, tentando impactar o macro.

Porque se de médico e louco, todo mundo tem um pouco, acho que chegou a hora de buscar a minha própria cura.

Anúncios

1 Response to “de médico e louco”


  1. 1 Bianca Garcia outubro 13, 2010 às 9:51 am

    Nath, vc viu o primeiro filme? Muito bom!

    Beijo.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 163,934 hits

%d blogueiros gostam disto: