there she goes, there she goes again

– Eu pareço um cão perseguindo o próprio rabo – eu passei os últimos oito anos da minha vida atrás disso, pulando de país em país, seguindo essa angústia…

– Eu também… Desde que me conheço por gente, meu sonho era “morar fora”. Eu tive que cruzar um oceano para curar um coração partido. E, assim como você, pela primeira vez estou voltando para casa por vontade própria, porque eu escolhi ser assim, porque minha missão foi cumprida.

– Mas a questão é que você não precisava ter cruzado o Atlântico, como eu não precisava ter ido para Berlim ou para todos esses outros lugares… as viagens catalisam a metamorfose e aceleram todo o processo, mas nosso rabo estava lá o tempo todo.

(conversa com big sis em reencontro mais-que-querido na segunda, aguardado há tempos)

***

Londres é meu ponto de parada, de abastecer as energias, rever amigos queridos, correr maluca contra o relógio para fazer tudo que se quer nesta cidade que, para mim, representa tudo que precisa mudar para continuar igual.

Amanhã embarco numa viagem de grandes descobertas, e nas próximas duas semanas todos os meus destinos têm alguém me esperando. Tipo marinheiro, “um amor em cada porto”. Mal posso esperar, :)

Anúncios

5 Responses to “there she goes, there she goes again”


  1. 1 deborah agosto 4, 2010 às 9:34 pm

    Nath, sagitario e assim, vive em busca de nada, de um caminho sem fim, de um amor q nao existe. o arqueiro lança a flecha, mas nao sabe onde vai atingir… mas a meta e jogar a lança..
    Eu sou assim, deixo os namoros, sempre acho q vou sair de casa, morar longe ou pegar uma estrada e nnca mais voltar…
    tenho relacionamentos q n terminam…sagitario…

  2. 3 Andreia agosto 5, 2010 às 5:18 am

    Com muita pena, esta marinheira não vai poder esperar-te neste Porto.
    Mas oportunidades não vão faltar de certeza. A vida está cheia delas, né ;)

    Bjo grande

  3. 4 Scheyla agosto 5, 2010 às 6:45 pm

    Uauu, então pelas próximas semanas mta coisa boa vem por aí..
    bjus

  4. 5 Renata Carinhato agosto 12, 2010 às 5:22 am

    viajar nos proporciona silencio e nos obriga a olhar pra dentro e a inquietacao de mudar de lugares eh o lembrete periodico de que eh preciso parar.
    parar pra ver se o que se enxerga eh mesmo aquilo que se eh.
    incrivel enxergar nossa disposicao para o novo.
    meet u soon ;)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 162,617 hits

%d blogueiros gostam disto: