das inspirações aleatórias

Hugh Hefner, criador da Playboy, em entrevista à Folha:

“FOLHA – Outra coisa que teve grande impacto no senhor foi a infidelidade de sua primeira mulher.
HEFNER
– A descoberta, logo antes do meu casamento, de que ela tinha um caso e fazia sexo, foi a experiência mais devastadora de minha vida.

FOLHA – E por culpa disso tivemos a “Playboy”?
HEFNER
– Estranho como as coisas acontecem. Difícil imaginar como a vida seria se isso não tivesse acontecido, um casamento feliz por todos esses anos. Mas, do meu ponto de vista, o que aconteceu acabou sendo melhor para mim.”

 

Curioso pensar que o maior bon vivant que existe, invejado por 9 entre 10 homens, só é quem é hoje porque teve o coração partido.

Como há males que realmente vêm para o bem, não é mesmo?

Anúncios

4 Responses to “das inspirações aleatórias”


  1. 1 nana outubro 21, 2009 às 5:13 pm

    OOOPA!
    concordo e digo por experiência própria!!!

    levantei e meu sol ta brilhando, certo?!

    beijos

  2. 2 camila outubro 21, 2009 às 11:18 pm

    Lógico, Dear… Mas não esquece que o bom é sempre ter amor e perdão no coração… Tudo passa. :)

  3. 4 Ju outubro 22, 2009 às 8:57 am

    é o que eu sempre penso
    =)


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 164,286 hits

%d blogueiros gostam disto: