about felicity

Estou apaixonada pelo seriado Felicity, que voltou a ser exibido na Sony há pouco mais de duas semanas. Não tinha tido a oportunidade de assistir antes, e agora estou acompanhando tudo desde o início.

Num site super fofo sobre a série achei alguns trechos de conversas da própria Felicity com Sally, sua amiga, das tais K7 que elas gravam uma pra outra e dão o tom dos episódios. Algumas me ajudaram bastante a refletir sobre um bocado de coisas nestes tempos de incertezas e, sempre no final do capítulo, me dão um gostinho de quero-mais. Selecionei algumas para pôr aqui:

Sometimes in a relationship, going through hell isn’t so bad if you come out of it a little stronger. – Sally

Sometimes it’s the smallest decisions that can pretty much change your life forever. – Felicity

On one hand, expectations can inspire you, but then again, they can really let you down. – Sally

Love is complicated — full of sacrifice and compromise. But maybe that’s the best part. – Sally

Do you know what I definitely believe in? Fate — that things happen for a reason. – Felicity

I’ve become a real believer in not defining every single thing. Seems like everytime you think you’ve figured out what something is, it just becomes something else. – Sally

Maybe getting over someone you’re in love with isn’t impossible. Unless, maybe you don’t actually get over it. Maybe you just learn to live with it. – Felicity

When your heart gets broken, you sort of see the cracks in everything. – Sally

 

E as top-favoritas:

Sometimes bad things just happen — no reason, no purpose. They just occur and we’re left to pick up the pieces the best we can. – Sally

I’m learning little by little that we decide what our lives are gonna be. Things happen to us. But it’s our reactions that matter. – Sally

Our best decisions, the ones that we never regret, come from listening to ourselves. – Sally

Anúncios

3 Responses to “about felicity”


  1. 1 dona perfeitinha outubro 16, 2009 às 11:45 am

    Eu também estou adorando rever Felicty. A questão sobre procurar compreender a si mesmo que envolve todos nós faz a série encantadora. Ouvir a nós mesmos é algo que levo pra mim desde o momento em que rompi a linha da dificuldade em dizer não e sofria muito com isso. Adorei saber que assiste também. Ontem foi o ex-namorado do passado que se acidentou, né?

    Um beijo,
    Talita.

  2. 2 Mari outubro 20, 2009 às 11:47 pm

    Felicity é maravilhosa!
    Pena que não tenho podido assistir de novo, dá vontade de baixar e assistir tuuudo desde o começo!

    Tenho acompanhado seu blog há uns dias e adoro!
    Há tanta leveza nas suas palavras, é sempre bom ler.

    Um beijo,
    Mari Ribeiro


  1. 1 sobre términos « drops de anis Trackback em novembro 12, 2009 às 4:40 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 162,637 hits

%d blogueiros gostam disto: