das epifanias cotidianas

Hoje, num devaneio matutino, me dei conta mais uma vez de como o tempo não dá trégua: quando eu era pequenina, minha mãe comprava presentes para eu levar nas festinhas de aniversário dos meus amigos. No início da vida adulta, eu comecei a comprá-los sozinha, com meu salário de estagiária. E então, há dois anos, além de presentes de aniversário eu passei a comprar de casamento, para minhas amigas, o que vem ocorrendo com cada vez mais frequência conforme os anos avançam.

E, apesar de já ter dois ‘sobrinhos’ (filho de amiga e filho de prima), me perguntei quanto tempo vai levar até os presentes dos filhos-das-amigas virarem recorrentes. Nem fiz 25 ainda e outro dia estava numa loja aprendendo qual o tamanho ideal de roupa para uma criança de dois anos. O pior? Eu percebi que já sabia. 

Anúncios

2 Responses to “das epifanias cotidianas”


  1. 1 Gabriela agosto 4, 2009 às 1:30 pm

    fico com medo dessas constatações da vida adulta :)

  2. 2 Larissa C. agosto 6, 2009 às 7:09 pm

    E eu que tenho 21 e tô comprando o presente para os filhos das amigas sem antes comprar o do casamento!! hehehe!
    beijos!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




Blog Stats

  • 161,642 hits

%d blogueiros gostam disto: